Chuva e Transformação

A Natureza precisa da chuva para florir. A chuva é essencial para que venham as flores e frutos, é essencial para a preservação e multiplicação da vida. Considerada simbolicamente como benção, a chuva é símbolo universal da fecundidade e fertilidade, e em suas metáforas, pode sugerir serenidade e beleza, mas também pode ser fugaz, sombria e violenta sendo freqüentemente a representante de tudo o que muda e se transforma. A chuva é sempre boa no sentido real ou figurado. Como na vida, sempre aprendemos alguma coisa com ela. E nesse sentido, fico com a simbologia da chuva como elemento de transformações que são inerentes à nossas vidas, como introdução às palavras de Sri Prem Baba que expressam um desejo que é meu também para vocês…

 

…”Que a luz divina possa iluminar seu coração. Que você possa eliminar de sua alma todas as marcas de exclusão e abandono. Que você possa se recordar da sua verdadeira natureza. Que o amor possa se expressar através de você e se espalhar por todas as direções, sem a necessidade de receber qualquer coisa em retorno. E que a confiança ilumine a escuridão do apego, para que você possa experienciar a liberdade da alegria. Eu me curvo em reverencia ao Ser Supremo que habita cada um de vocês.

Namastê!”
Sri Prem Baba )

As palavras de Sri Prem Baba são como balsamos que só os gestos de generosidade e verdadeira afeição podem produzir. Eliminar das nossas almas todos os registros que nos lembram sofrimentos é como chuva que ao cair lava, purifica e nutre. Mas mesmo com todos os desejos do mundo a nosso favor, nada acontecerá se nós próprios não desejarmos.

Em alguns momentos da nossa vida passamos por mudanças que promovem transformações. Muitas vezes o tempo fecha e parece que uma tempestade vai nos derrubar. São os reveses que todos temos que em algum momento enfrentar. Mas mesmo vendo nossos sonhos irem por água a baixo, devemos aprender e perceber a contribuição da chuva para que nos transformemos em pessoas melhores para nós mesmos. Aceitar a mudança é assim como um banho de chuva que cai sobre nós e que ao lavar nosso corpo, lava também nossa alma deixando a sensação de renovação. A partir dai, nos sentimos invadidos por uma nova esperança. Afinal Arco-iris só surgem depois da chuva.

“Deixe a luz divina iluminar seu coração” e se deixe banhar pela chuva da transformação sempre que precisar lavar a alma de tudo o que faz mal deixando que a vida se manifeste mais pulsante, clara e florida como num Jardim cuidado com zelo e amor.

Beijo no Coração…

…Namastê!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *