Clorofila – “Sangue Verde” presente nos vegetais

Imagens-em-png-queroimagem.com (468)

“Sangue Verde” é uma das formas que a Clorofila é conhecida em decorrência da sua estrutura molecular ser muito semelhante à da hemoglobina. O que difere as duas é o ferro que é presente no núcleo da hemoglobina, e o magnésio que é presente no núcleo da clorofila.

aO conceito de clorofila foi cunhado em 1818 por F.Pelletier e J.B.Caveteau, que define como Clorofila cada um dos pigmentos que se encontram nas células das plantas, dando cor verde às suas folhas. A cor verde é conseguida devido a absorção de luz das regiões entre o azul e o vermelho do espectro de luz refletindo diferentes tonalidades de verde.

a1

Fundamental para o processo da fotossíntese, a clorofila capta a luz solar e a utiliza como fonte de energia para transformar dióxido de carbono, água e sais minerais em alimento. Durante essa transformação, a planta libera oxigênio no ar. Ela é essencial para a vitalidade na biosfera, ajudando as plantas a crescerem e assim a sustentarem a vida na Terra. Ela torna possível que as plantas sintetizem o próprio alimento e sejam a base de toda a cadeia alimentar. Ela pode trazer diversos benefícios para nossa saúde e por isso é importante a ingestão de alimentos ou sucos verdes para que possamos aproveitar seus fitonutrientes.

Alimentação

A clorofila faz parte de nossa dieta sempre que ingerimos vegetais, especialmente os verdes. Como regra usual quanto mais verdinha a planta for, mais ela contém cloofila. Por isso, sinta-se livre para abusar de ervas e vegetais verdes como a couve, espinafre, acelga, brócolis, salsa, agrião, rúcula, etc.

a2

O suco de clorofila é muito popular e você provavelmente já ouviu falar sobre ele ou viu a oferta em casas de sucos. Ele é riquíssimo em fibras e por isso oferece uma saciedade muito auxiliar as dietas. As fibras causam uma melhoria dos níveis de glicemia e do perfil lipídico no sangue. Uma alimentação rica em fibras ajuda no combate à diabetes e no controle do colesterol alto. O suco ainda auxilia na digestão e no trânsito intestinal. Além disso, as folhas utilizadas na preparação do suco contêm uma grande variedade de enzimas, carotenoides, vitaminas como ácido fólico e minerais.

A clorofila é uma boa fonte de nutrientes antioxidantes, como vitaminas A, C e E. Esses nutrientes ajudam a neutralizar os radicais livres no corpo que podem causar danos para as células. A substância aumenta a oxigenação e entrega de nutrientes para nossas células.

Suco de Clorofila

Estudos da engenharia bioorgânica, o suco de clorofila é considerado como um milagre natural. Com apenas um copo por dia, podemos suprir toda a carência de alimentos verdes que um ser humano precisa. Como a maior parte dos alimentos industrializados é pobre em elementos bioorgânicos, eles geram mais oxidação e envelhecimento precoce, resultando em ausência de tônus, baixa energia, cabelos brancos, pele ressecada e aspecto cansado. Já o suco de clorofila, considerado por muitos pesquisadores como uma das fontes de nutrição mais rica do planeta, serve como um aditivo que favorece o melhor funcionamento do organismo sendo uma ferramenta indispensável para a manutenção de um corpo saudável e equilibrado.

a3

 

Seu consumo diário promove uma simbiose de nutrientes capazes de desintoxicar o corpo humano, aumentando a oxigenação celular e prevenindo doenças do mundo moderno. Segundo cientista japonês Dr. Yoshihide Hagiwara, quando um ser humano ingere clorofila ocorre uma reposição molecular de magnésio para ferro, ou seja, quando o sangue da planta é absorvido por humanos, ele se transforma em sangue humano que transporta nutrientes para as células do sangue.

Faça Você 

O suco de clorofila pode receber sabores diversificados adicionando outros alimentos a mistura de componentes verdes.

a4Receita 1- Ingredientes:

  • 1 maçã (com casca) da sua preferência
  • 2 fatias de abacaxi
  • 2 folhas de couve
  • 1/2 copo de água

Bata todos os ingredientes no liqüidificador e sirva preferencialmente gelado.

 

a6Receita 2 – Ingredientes:

  • 1/2 limão sem casca
  • 2 folhas de couve
  • 2 folhas de alface
  • 1/2 pepino
  • 1 punhado de folhas de hortelã
  • 1/2 copo de água

Junte todos os ingredientes no liqüidificador, bata bem e consuma preferencialmente gelado.

Você pode variar seu suco com diversas frutas, ervas, legumes e hortaliças, mas se achar que o sabor para seu paladar ficou muito ácido ou amargo, acrescente uma colher de sopa de mel.

+ algumas variações para você experimentar:

  • Pepino + couve + salsão + limão + gengibre
  • Maçã + hortelã + limão + gengibre
  • Couve + gengibre + limão + maçã + morango + Chia
  • Pepino + couve + maçã + cenoura + gengibre + hortelã

Cubinhos de clorofila

Uma dica bem legal que traz praticidade na hora de fazer o suco, é já ter cubinhos congelados de clorofila prontos. É bem fácil de fazer, basta bater no liqüidificador algumas folhas de couve, broto de trigo ou agrião, salsinha e hortelã com apenas um pouco de água. Quanto mais escuro o verde do vegetal, melhor. Depois de bater, despeje a mistura, que deve ficar bem concentrada, em forminhas de gelo e leve para congelar. 

a7

Congelados, os nutrientes não se perdem e não há prazo de validade. Os cubinhos podem ser utilizados na hora de preparar seu suco.

Por possibilitar a renovação celular, a clorofila já chegou a ser comparada à fonte da juventude. Ela traz energia e disposição, regula quase todos os sistemas do organismo e promete uma vida mais saudável em todos os sentidos.

Abraços,
Sejamos Felizes!

Fontes: Livro Naturalmente Saudável de Celso Zymon; Cycloverde; Imagens: Seleçoes Google.

Lembrou de alguém que gostaria desse post? Espalhe essa idéia! Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *