Quer economizar Água no jardim? Vem Ver as Dicas!

Em meio a esta crise com a falta d’água, a economia deste liquido vital está na pauta do dia-a-dia de todos nós. A economia dos recursos naturais sempre foi essencial, mas nem sempre priorizada e desenvolvida. Conhecemos muitos dos fatores que desencadeiam toda essa problemática e embora os problemas ambientais estejam ainda ocorrendo, não podemos fechar os olhos achando que não temos nada haver com isso.

A crise da água está aí para confirmar que sem uma consciência ambiental desperta e refletida em ações de preservação dos recursos naturais essenciais à manutenção da vida, as conseqüências atingirão todos nós. Nesse sentido, trago para este post, algumas dicas de preservação e economia de água no Jardim, que só por conter parte da Natureza, merece ser preservado.

Segundo a Declaração Universal dos Direitos da Água:

1º – A água faz parte do patrimônio do Planeta. Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão, é plenamente responsável aos olhos de todos.

2º – A água é a seiva do nosso Planeta. Ela é condição essencial de vida de todo vegetal, animal e ser humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura.

Dicas de economia com as regas e preservação do jardim:

A inclusão de árvores no jardim favorece a manutenção da temperatura do solo em virtude da redução de perda d’água através das áreas sombreadas pelas copas.

A inclusão de plantas resistentes a seca, bem como variedades de gramas, forrações e plantas nativas adequadas às condições da região que você reside, também contribui para a manutenção de um jardim com economia de água.

Evite grandes áreas impermeáveis como pisos cerâmicos e cimentícios que impedem a infiltração das águas das chuvas. Priorize pisos permeáveis, detalhes com pedriscos, cascas de árvores, decks, etc.

Mantenha a superfície da terra sempre porosa, acrescentando matéria orgânica para facilitar a infiltração das águas das chuvas e das regas.

Veja mais dicas:
Use coberturas mortas nos pés das plantas como, casca de árvores, folhas secas, seixos, etc. Isso contribuirá para diminuir a temperatura da terra deixando-a mais estável.

Ao regar, molhe bem a terra e não as folhas das plantas. Regue bem próximo ao solo, quanto mais próximo do solo for a rega, melhor é o aproveitamento da planta na captação da água que é feita pelas raízes. Isso diminui também a compactação da terra, deixando-a mais permeável.

Programe as regas para as primeiras horas da manhã ou ao cair da noite. Evite molhar o jardim sob sol muito forte. Estudos comprovam que a perda de água pode chegar a 30% quando as regas são feitas sob altas temperaturas. Evite regar o jardim quando estiver ventando.

  • Se possível, armazene a água da chuva para a irrigação.
  • A instalação de sistemas de irrigação, por gotejamento ou microaspersão, ajudam a economizar água. Neste caso, é importante a verificação periódica dos aspersores e das conexões do sistema para evitar vazamentos.
  • Ao utilizar a mangueira, use sempre esguicho tipo revólver que possibilita direcionar o jato da água para os locais que necessitam regas, bloqueando a saída da água quando tiver que passar de uma área para outra. O velho e bom regador também é mais econômico do que as mangueiras tradicionais.
  • Evite podar a grama muito rente ao solo. Eleve a altura de corte da grama (4 a 6 cms.) para preservar mais a umidade da terra.

Saiba mais sobre os “Princípios Chaves” para Regas eficientes e economicas – Saiba + AQUI

Com relação a crise de falta de água, a melhor solução não é deixar de regar, mas fazer um uso inteligente da água para não sacrificar o Jardim a ponto de perde-lo. A Natureza é sábia, ela busca mecanismos para se auto preservar em meio a crises, então não se desespere, observe seu jardim e planeje suas regas de forma sustentável e econômica.

Sustentabilidade tem haver com a essência da vida, vida pela qual devemos lutar, preservando e valorizando no nosso dia a dia os recursos naturais tão essenciais a esta manutenção.

Abraços,
Sejamos Felizes!

Imagens: Web

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *