Atraia Borboletas para o seu Jardim

O que poderia ser mais natural, bonito e romântico do que um jardim repleto de borboletas?
Os segredos para atrair estas criaturas aladas são flores ricas em néctar, banhadas pela luz do sol, onde pesticidas venenosos não entram.

Mas é preciso também, tolerar algumas lagartas mastigando as folhagens existentes no jardim…

As alegres dançarinas que colorem o jardim com sua graça colorida agradam tanto aos olhos como o espírito de quem as vê. À elas são atribuídos muitos significados, são consideradas símbolos de transformação, felicidade, beleza, efêmeridade, natureza e renovação.

A metamorfose das borboletas é simbolizada através da crisálida como o ovo que contêm a potencialidade do “ser” e a borboleta qua sai dele é o símbolo de ressurreição.

Para a psicanálise moderna a borboleta é considerada um símbolo de renascimento, inconstância, transformação e recomeço.

 

“É preciso que eu suporte duas ou três lagartas para que eu possa conhecer as borboletas… Disse a flor para o pequeno príncipe.” (Antoine de Saint-Exupery)

No caso das lagartas, muitos, por não as reconhecerem como parte do processo de metamorfose, tratam-as como pragas e as eliminam, perdendo assim a chance de ver as borboletas.

Para atrair borboletas devemos plantar um jardim bem florido com diversas plantas que floresçam durante todo o ano, inclusive plantas que floresçam também nas estações mais frias, na qual a disponibilidade de alimento para as borboletas é menor.

Para deixar o jardim mais atrativo para as borboletas, o ideal é agrupar as plantas de néctar nas áreas mais ensolaradas e as plantas hospedeiras de lagartas em áreas mais sombreadas.

As plantas hospedeiras (que alimentam as lagartas), também são importantes para atrair as borboletas. entre as mais comuns estão as frutíferas como o maracujá, limão, laranjeira, bananeira, goiabeira, etc. Na horta as hospedeiras são a couve, cenoura, e erva-doce. As lagartas também gostam dos bambus, palmeiras coqueiros e árvores floríferas como o Manacá e a Quaresmeira.

E mesmo em pequenas varandas é possível criar condições para atrair as borboletas. Basta ter uma área ensolarada e, nesse caso, como o espaço é pequeno, privilegie o plantio de no máximo duas espécies floríferas, agrupadas de modo que adquiram uma formação bem densa.

Do mesmo modo que ocorre com os pássaros, as borboletas também são atraídas por pedaços de frutas maduras como, banana, melão e melancia.

 

Borboletas no Brasil

O Brasil é o quarto lugar do mundo em diversidade de borboletas, com 5.000 espécies catalogadas e reconhecidas como uma fauna exuberante e extremamente importante. Por aqui podemos encontrar belíssimas espécies como as borboletas Morpho, de cor azul metálica e a gigantesca Caligo também conhecida como borboleta Coruja com impressionantes 16 cm de envergadura. Na Amazônia é muito comum o espetáculo de nuvens de borboletas das espécies Phoebis Philea e Anteos Menipe colorem o céu com suas asas amarela e brancas.

Mas devido a crescente urbanização, em muitos dos nossos Zoológicos, já existem listagens com mais de 80 espécies de borboletas ameaçadas de extinção., uma vez que as borboletas dependem exclusivamente de um habitat natural e saudável para seu desenvolvimento,, problemas como poluição, desmatamento e expansão agrícola ajudam a culminar na extinção de muitas espécies.

Saiba Tudo sobre as Borboletas Brasileiras AQUI

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para atrair borboletas, aposte nestas plantas:

  • Hibisco (Hibiscus rosa-sinensis),

  • Duranta (Duranta repens áurea),

  • Maria-sem-vergonha (Impatiens walleriana),

  • Lavanda (Lavandula sp),

  • Margarida (Chrysanthemum leucanthemum),

  • Alegria-de-jardim (Salvia Aplens),

  • Tagetes (Tagetes patula),

  • Camarão-vermelho (Justicia brandejana),

  • Lantana (Lantana camara L.)

Não vale veneno nem Captura

Quando queremos atrair animais para o jardim, devemos lembrar que temos que abolir os pesticidas. Insetos e pássaros são muito sensíveis aos malefícios de produtos químicos e tóxicos. E no caso das borboletas vale lembrar que as lagartas fazem parte do processo antes de sair eliminando-as.
Vale lembrar ainda, que é crime capturar borboletas em plena natureza para levá-las para casa, mesmo que seja para soltá-las no jardim. O correto é atraí-las com as plantas e deixar que a natureza se encarregue do curso natural da vida.

“O segredo não é correr atrás das borboletas… É cuidar do jardim para que elas venham até você. ” (Mario Quintana)

Abraços,
Sejamos Felizes!

Fontes: borboleta.org; borboletário; borboletas do Brasil;Imagens Web.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *