Reciclar – Arte da transformação

Reciclar idéias, reduzir o desperdício de recursos de consumo pessoal protegendo o meio ambiente tanto na decoração da casa quanto do jardim, são temas cada vez mais valorizados. Muitas pessoas estão investindo em projetos criativos de artesanato com materiais reciclados que resultam em belos produtos ecológicos e modernos.

Utilizando peças velhas ou aquelas que seriam descartadas após uma reforma, como latas de metal, pias e móveis velhos, ferramentas, louças, vidros, etc. é possível criar reciclando esses objetos através de um exercício desafiador e ao mesmo tempo divertido.

Explorar materiais reciclados para artesanato ajuda na liberação da criatividade e ainda pode resultar em peças originais e surpreendentes. Além de estimular atitudes “verdes”, que tem haver com o corte do desperdício e com o resgate da simplicidade em nossas vidas, sem contar com o prazer que é criar algo com nossas próprias mãos.

Quem reduz o desperdício e abraça a reciclagem, está apoiando uma vida mais saudável e mais “verde”, celebrando projetos e materiais sustentáveis.

Uma vida “verde”, além de ser mais simples nos conecta com a Natureza e com as pessoas ao nosso redor, pois produz em nossos ambientes uma atmosfera mais amigável.

Ao descobrir que maneiras de reduzir, reutilizar e reciclar o lixo são atitudes saudáveis, devemos incluir nesse hábito o ensino das crianças estimulando nelas os cuidados ao meio ambiente natural e a criatividade.

Através dessas práticas aprendemos a apreciar habilidades simples. A vida “verde” está relacionada a conscientização que simplicidade com criatividade é também um luxo, além de ser também econômica através da redução do consumismo, através da valorização do feito a mão e da escolha de produtos naturais.

Unir o útil ao agradável, ou seja evitar o desperdício e ainda economizar, é divertido, saudável e inteligente. Então que tal abraçar essa ideia?

Abraços,
Sejamos Felizes!

Imagens: Web

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *