Suculentas – queridinhas de todos nós

Se você valoriza a presença de plantas em seus ambientes, mas acaba abrindo mão delas porque não dispões de tempo para cuida-las, as Suculentas são a melhor opção. Fáceis de cuidar, pois dispensam grandes cuidados e necessitam de poucas regas, essas plantinhas ficam bem em qualquer tipo de vaso e de quebra, os arranjos com suculentas, mesmo os mais simples, sempre ganham ares de obras primas. Experimente criar com suculentas e verá como é simples e o resultado é o máximo.

Para criar sua própria “Obra Prima Suculenta:

  • Pegue um suporte que sirva como recipiente para o plantio, adicione uma Suculenta coloria ou mais, crie um Design em minutos e surpreenda-se.

As suculentas são as queridinhas do universo da jardinagem, pois além de serem lindas, precisam de pouca água e poucos cuidados. Com a capacidade armazenar água, tanto nas raízes, quanto nos caules e folhas, elas desenvolvem-se bem em solos pobres, altas temperaturas e climas áridos. Uma característica marcante destas plantas são as folhas carnudas (gordinhas) suas formas, texturas e cores que com pouco trabalho e mínima manutenção são capazes de transformar com um incrível valor estético desde um simples canteiro a um pequeno vaso, tanto em grupos variados como com apenas uma única espécie.

Mas, a ideia de projetar um jardim em vasos com suculentas pode intimidar alguns diante da vasta gama de formas, texturas e cores com que estas plantinhas seduzem os olhares de quem quer escolher algumas para este fim. Nessa hora sempre surgem dúvidas como:

  • Que plantas ficariam bem juntas?
  • Quantas plantas você precisa para criar composições harmoniosas?
  • Que tipo de suporte/ recipiente escolher?
  • Caixa de madeira, quadro de musgo ou ambos?
  • Qualquer suporte serviria?

Para responder estas perguntas e dar um incentivo para que você libere sua criatividade sem medo de ser feliz, eu selecionei para este post, algumas sugestões para sua apreciação e inspiração… Veja:

a

  • Não tem muito como errar com estas plantas. Certamente as suculentas vão crescer bem em todo e qualquer tipo de recipiente, mas alguns são mais fáceis de trabalhar do que outros, algumas formas darão também um destaque extra para a sua composição e algumas podem inserir um toque divertido.
  • Selecione um vaso de cores vivas e se puder escolha algo diferente e divertido. Não tenha medo da cor nem da forma do recipiente. Cores e formas fortes e apenas algumas plantas são tudo o que você precisa para criar rapidamente um arranjo suculento e atraente.
  • Se você gosta de um suporte ou vaso quando estão vazios, poderá gostar mais ainda se eles estiverem aliados com uma planta.
  • Vasos de cerâmica estão disponíveis em uma ampla gama de cores, formas e estilos. Tire partido de formas diferentes e de cores vibrantes.
  • Mas se quiser algo mais discreto com um certo nível de neutralidade, composições monocromáticas são a opção ideal, até mesmo porque, muitas vezes recipientes neutros realçam mais a forma, textura e cores das plantas.

a1

  • Para um projeto monocromático, escolha plantas que tenham a mesma coloração e que esta seja próxima da cor do recipiente, como por exemplo: vasos azuis com plantas verdes azuladas/acizentadas. Vasos verdes com plantas em diversos tons de verde.

a2

  • Vasos em cores neutras, são uma boa opção para se integrarem em qualquer ambiente, pois marcarão uma presença discreta e se harmonizarão facilmente com o entorno. Neste caso, use e abuse dos brancos, marfins, pretos e cinzas.
  • A forma do vaso pode fazer toda a diferença para realçar uma composição criando um casamento perfeito com a forma da planta.
  • Mas não há certo ou errado com as diversas formas de vasos, nem em fazer experiências com diferentes opções de suportes.

Quando Menos é Mais

  • Tente usar apenas uma planta. Quando você encontra uma planta com uma forma linda, ela não precisa e companhia, apenas de um vaso que realce sua beleza natural.
  • Alguns vasos parecem que foram tingidos com cores que coincidem com a coloração das plantas, quando encontrá-los tire proveito.

Mistura fina

Como você já percebeu pelos exemplos a versatilidade das suculentas aliada a baixa manutenção é seu ponto forte, além da diversidade de formas e texturas que se harmonizam perfeitamente entre as espécies de mesmo gênero. Então, solte a imaginação crie diversas composições e ” misture” sem medo de ser feliz.

Regras básicas:

  • Certifique-se que o recipiente tenha furos de drenagem, pois suculentas apodrecem em solos enxarcados.
  • Use para o plantio, solo de excelente drenagem, procure no mercado indicações apropriadas para este fim.
  • Incorpore fertilizantes de liberação lenta.
  • Revista com pedriscos, casca de árvore ou outro elemento decorativo, se desejar.
  • Regue uma vez por semana, somente sobre a terra/solo e não sobre as plantas.

Se você gosta destas plantinhas e quer conhecer suas identificacões e cuidados mais específicos, recomendo os blogs: “vida suculenta” e “ABC das suculentas”

Abraços,
Sejamos Felizes!
Fontes: houzz; imagens: seleções pinterest e minhas.

Lembrou de alguém que gostaria desse post? Espalhe essa ideia! Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *